2016

jun/23

1

Conheça os principais termos do dicionário off-road

O objetivo desse tópico é ensinar um pouco mais da cultura off-road para quem ainda é estreante no assunto. Assistir algumas provas e encarar meia dúzia de trilhas no banco do carona não torna você um conhecedor do mundo 4×4. Certo? Por isso, separamos alguns termos e significados que fazem parte do dicionário off-road e podem lhe ajudar a imergir mais nesse mundo. Lá vai!

2WD (4×2)
Two Wheel Drive – significa que o veículo tem tração em apenas duas rodas. Esta configuração equipa a grande maioria dos veículos, quando o sistema de tração é instalado no eixo traseiro ou dianteiro.

4WD (4×4)
Four Wheel Drive – A maioria dos veículos fora de estrada tem tração nas rodas traseiras e através de um comando pode ser engatada a tração no eixo dianteiro, passando o motor, a transmitir potência para as 4 rodas do veículo.

BISCOITO
Tipo de pneu, também conhecido como biscoitão. Pneu para areia, grama e outros solos que necessitam grande flutuação. Pneu largo com dentes grandes.

CAMBÃO/TOW-BAR
Estrutura triangular com engate que é instalada no chassi (ou parachoque) na frente do veículo. Serve para rebocar o carro sem ter a necessidade de alguém dirigir o veículo rebocado.

CINTA
Normalmente de nylon, a cinta é um acessório útil em operações de ancoragem do veículo, pois permite a fixação do cabo de aço em uma árvore sem comprometer o tronco. Muitos desavisados prendem o cabo de aço direto na árvore, o que pode danificá-la ou até mesmo matá-la. A cinta também é muito útil para prender um cabo de aço em um veículo sem pontos de ancoragem.

FACÃO
Nome popular para erosão ou valeta mais profunda. O facão pode se formar por ação natural ou ser provocado pelo trânsito de veículos que cavam inicialmente a canaleta com os pneus, deixando o local propício para formação de erosões pelo efeito da chuva. Os pneus conhecidos como “fronteira” são os campeões desse tipo de agressão ao ambiente.

GAIOLEIRO
Praticante do esporte off-road cujo veículo é uma adaptação de motor VW em uma estrutura tubular chamada “Gaiola”.

GUINCHO
O guincho é um equipamento fundamental para trilhas difíceis e expedições radicais.
As versões disponíveis no mercado são três: mecânico, hidráulico e elétrico. Este último é o mais popular, já que pode ser instalado na dianteira ou traseira de qualquer veículo, e depende da bateria para funcionar.

HI-LIFT
Macaco especialmente criado para uso off-road. Possui um curso e um sistema de funcionamento que facilitam o levantamento do veículo para a troca de pneus, ou até mesmo para auxiliar na retirada de atoleiros e erosões.

INDOOR
Prova realizada em circuito fechado com inúmeros obstáculos artificiais, como atoleiros, areia, buracos e curvas. É disputado em “baterias”.

KING
Pequeno morro de terra, que pode ser ultrapassado com veículos off-road.

NAVEGADOR
Pessoa que vai ao lado do piloto durante uma prova, passando orientações do trajeto, tempo de prova, etc.

PATESCA OU CATARINA
Componente indispensável para quem é trilheiro. É uma roldana ou polia que é usada em conjunto com o guincho ou mesmo entre dois veículos. Permite que a força empregada no resgate seja duplicada. Também é muito útil para redirecionar o cabo de aço em resgates mais complicados no meio da trilha.

PILOTO
Pessoa que dirige o veículo.

PX
Rádio faixa cidadão (11 metros) utilizado entre os jipeiros para se comunicarem durante trilhas, expedições, etc.

QUEBRA-MATO
Um parachoque reforçado que se coloca em veículos fora de estrada e pode possuir faróis e guincho fixados. Serve para aumentar a proteção frontal do veículo quando este se choca com galhos, troncos ou pedras.

RAID
Modalidade na qual o mais importante é a velocidade média, por tempo, em alguns trechos do trajeto.

RALLY
Prova na qual o trajeto é pré-determinado. Pelo caminho poderão ter obstáculos naturais e os carros serão monitorados por postos de controle, os chamados PCs.

RODA LIVRE
É o componente que libera as rodas dianteiras do contato com a transmissão. Com isso, ganha-se economia de combustível e menos desgaste das partes dianteiras, que não são utilizadas em tráfego normal em ruas e estradas com boas condições de trânsito. Existem modelos manuais e automáticos.

SANTO ANTÔNIO
Dispositivo em forma de arco, fixado internamente ou externamente no veículo, cuja função principal é proteger os ocupantes em caso de capotagem.

SNORKEL
Ou tomada de ar elevada, consiste de um tubo que estende a tomada de ar do filtro do motor em posição a mais elevada possível, protegendo-o da entrada de água em travessias mais radicais de rios e áreas alagadas. Para os motores a gasolina ou alcool é necessário ainda um bom isolamento da parte elétrica da ignição, coisa que o diesel dispensa.

ZEQUINHA
É aquele sujeito que está sempre no banco de trás. Sua principal função é abrir/fechar porteiras e ajudar quando o veículo quebra ou atola. Não deve opinar sobre a navegação e a pilotagem.

Depois de muitas trilhas e experiências, você acaba percebendo que existem diversas outras gírias que não foram citadas. Mas as principais você já conhece. Esperamos que tenha curtido. Pelos menos nas conversas, agora você não fica para trás.

Referências: 4×4 Brasil, Tribos da Lama e Cervejarianos

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Voltar